Arquivos de sites

UEFA Champions League começa hoje, uma benção para os amantes do futebol

O técnico do Real Madrid Carlo Ancelotti, então no MIlan, comemora o título da Champions em 2003 – AFP

Após meses sofrendo com as sofríveis partidas do Campeonato Brasileiro na TV, a partir de hoje os fanáticos por futebol começam a ser presenteados com as belas apresentações da UEFA Champions League, indiscutivelmente o melhor torneio de futebol anual do planeta.

Ao contrário das competições nacionais do Velho Continente, que infelizmente são dominadas por poucas equipes, a Champions apresenta um impressionante equilíbrio, especialmente desde sua reformulação dos anos 90, quando tornou-se mais robusta com maior premiação, um formato mais adaptado aos interesses da mídia e a inclusão de um maior número de equipes. Desde a edição de 1992-1993, primeira com o nome de Champions League, e principalmente depois do aumento de clubes (incluindo os primeiros colocados dos principais campeonatos nacionais, e não apenas os campeões) participantes em 1997-1998, o torneio começou a ter disputas cada vez mais acirradas e empolgantes.

Uma prova disso está na inexistência de um bicampeão seguido desde este novo modelo, algo surpreendente dentro do futebol e mesmo outras competições esportivas, pois é comum termos supertimes que acabam dominando seu esporte por alguns anos seguidamente. Este é o desafio do Bayern de Munique, atual campeão e favorito para a conquista em 2014, na final que será disputada no Estádio da Luz, do Benfica, em Lisboa. Já marquem a data no calendário, dia 24 de Maio, poucas semanas antes do início da Copa do Mundo.

A maior curiosidade para esta edição está nos bancos de reservas, pois houve uma grande troca de treinadores nos principais clubes para esta temporada, especialmente com a aposentadoria de Sir Alex Ferguson, que comandava o Manchester United desde 1986. Outros gigantes com novos treinadores são Bayern de Munique, Barcelona, Real Madrid, Manchester City, Chelsea e Paris Saint-Germain. Algo incomum e que trará um novo tempero à competição.

Aqui vão meus palpites para as equipes classificadas em cada um dos oito grupos:

A – Manchester United e Real Sociedad

B – Juventus e Real Madrid

C – Paris Saint-Germain e Benfica

D – Bayern de Munique e Manchester City

E – Chelsea e Schalke 04

F – Borussia Dortmund e Napoli

G – Atlético de Madrid e Porto

H – Barcelona e Milan

Achei os grupos bastante tranqüilos para a maioria dos grandes candidatos ao título, pois houve um sorteio que dividiu as forças entre os oito grupos. A exceção ficou para o grupo F, que está realmente muito forte, e meu palpite elimina o tradicionalmente competitivo Arsenal, mesmo após a melhor contratação da temporada, o craque alemão Mesut Özil, que o imbecil do presidente Florentino Perez trocou (por metade do custo) pelo também grande jogador, mas inferior, galês Gareth Bale.

Está difícil palpitar sobre o campeão, com tantos clubes fortes na briga, e espero poder dar um pitaco mais firme após o sorteio dos confrontos da fase final, de mata-mata. Mas como nunca me isento de um risco, vou de Juventus como o campeão desta edição da Champions, batendo o Barcelona na final e conquistando seu terceiro título europeu.

Previsões esportivas – Ligas domésticas européias

O atacante Cacau comemora um gol pelo Stuttgart - Getty Images/Uefa.com

A temporada do futebol europeu está começando (começou recentemente em alguns países, e se bobear nem começa na Espanha), e aqui vão meus tradicionais pitacos sobre as ligas, nos principais países do continente. Como não tive tempo de analisar detalhadamente a situação de todos os campeonatos, visitei o site de apostas Bwin, para verificar quem são os favoritos em cada um dos países, e a maioria dos clubes mencionados abaixo estão entre aqueles que pagam no máximo 10/1 em caso de título.

Itália

A temporada 2012 da Serie A TIM promete o início da recuperação da Juventus, sob comando do promissor Antonio Conte, algo muito positivo para o futebol italiano. Após anos de sofrimento, devido ao esquema de corrupção que causou a perda de títulos e rebaixamento para a segunda divisão, a Vecchia Signora começou a se levantar no ano passado e deve incomodar um pouco em 2012. Mesmo assim, não possui elenco para disputar o título com os rivais milaneses, que pouco se reforçaram mas continuam com times fortes, mesmo que sem grande brilho. A possibilidade de contratação de Carlitos Tevez pode significar o diferencial necessário para levar a Internazionale ao título com maior facilidade. Independente deste reforço, que no momento parece improvável, acho que a Inter não permitirá o bicampeonato do rival Milan, e retoma a frente com o título do italiano em 2012.

Alemanha

A Bundesliga, disparadamente a liga mais organizada e rentável da Europa, começou há três semanas e a maioria dos principais clubes já tropeçou nas primeiras rodadas. O bicho-papão Bayern de Munique e o atual campeão Borussia Dortmund são os favoritos no Bwin, muita à frente dos rivais nos odds, mas eu incluiria o Stuttgart e o Schalke 04 entre os candidatos ao caneco desta temporada, com Bayer Leverkusen (o São Caetano da Alemanha, sempre ficando com o vice) correndo por fora. Gosto muito do Dortmund e acho que podem dar muito trabalho na Champions League, pois contam com jovens craques, que vimos destruir o Brasil no amistoso da semana passada. Apesar disso, acho que o foco na Champions e a ressaca do título de 2011 impedirão o bi dos amarelos, deixando a briga para Bayern e Stuttgart, que conquistará o título de forma apertada.

Inglaterra

O campeonato inglês, que até uns 15 anos atrás sempre primou pela razoável quantidade de equipes em condições de brigar pelo título, tornou-se muito monótono nos últimos anos (desde a criação da Barclays Premier League), com o completo domínio de Manchester United e Chelsea, que alternam-se nas conquistas há um bom tempo. Liverpool e Arsenal, antes fortes candidatos, hoje estão claramente abaixo dos favoritos, e foram superados pelo Manchester City, que sempre foi o patinho feio da cidade, mas que vem recebendo absurdo investimento árabe e é disparado o clube que mais investe na contratação de jogadores no momento. A briga ficará entre os rivais do norte da Inglaterra, mas apesar do susto, os Red Devils do United sairão vencedores e conquistam o bi.

Espanha

O campeonato espanhol é uma verdadeira piada, pois é aquele cuja distância entre os dois candidatos ao título e os demais 18 concorrentes é um verdadeiro abismo. O Bwin paga mais de 40/1, caso o terceiro favorito (Valencia) seja campeão, e apenas 1.65 para a máquina do Barcelona atinja o tetracampeonato. O Real Madrid, que vem manchando sua hornosa tradição desde a contratação do inescrupuloso treinador José Mourinho, está logo atrás e paga 2.25 em caso de conquista. Apesar de sempre ter sido fã do Real, tenho tanto nojo do técnico português que torço até pelo Corinthians contra sua equipe. Caso a temporada da Liga BBVA aconteça, devido à greve que já gerou o adiamento do início da competição, vai dar Barça na cabeça, e ainda de quebra de forma invicta.

França

Outro clube que se beneficiou com a entrada de petrodólares foi o Paris Saint-Germain, principal clube da capital francesa, mas com pouquíssima tradição e sucesso no futebol. Os árabes abriram o bolso e, sob comando do diretor de futebol Leonardo, gastaram quase 100 milhões de dólares nesta temporada, sendo a principal contratação o jovem meia-atacante argentino Javier Pastore, que fez grande temporada no Palermo no ano passado. Pinta junto dos favoritos ao título, no campeonato que mais se assemelha ao brasileiro, devido ao grande equilíbrio e variedade de campeões, fato que não se repete nos vizinhos, onde ano após ano somos obrigados a ver os mesmos dois ou três concorrentes. De acordo com os sites de apostas, seus principais rivais na Ligue 1 serão os Olympiques (Lyon e Marselha) e o atual campeão Lille. Em homenagem a Leonardo e Raí (grande ídolo do clube), meu palpite ficará com os parisienses que chegarão ao terceiro título nacional, depois de 18 anos.

Portugal

Os sites de apostas que visitei nem colocaram odds para a Liga Zon Sagres, e com razão. O Porto foi campeão invicto em 2011, e mesmo com a venda do centroavante colombiano Radamel Falcão nesta semana, continuo um imenso favorito ao título. Seu arquirival Benfica sempre pode complicar, pois também possui um bom elenco, mas infelizmente o Sporting está muito distante, e nem deve incomodar mais uma vez. O Porto conquista o bi em 2012.

Aguardo os comentários e palpites dos meus amigos leitores.

Champions League chega nas quartas-de-final

Marcelo comemora seu belo gol pelo Real Madrid - Getty Images/uefa.com

Surpreendentemente, acertei quase todos os meus palpites para as oitavas-de-final da Champions League. Como vocês podem ver neste meu post de dezembro, errei apenas o Milan, e mesmo assim deixei claro que considerava sua parada difícil, não tanto pela qualidade do Tottenham, mas pelo fraco desempenho do time nesta temporada, apesar de estarem liderando um horrível Campeonato Italiano até o momento.

Acompanhei alguns dos 16 jogos nas últimas semanas, e aguardo ansiosamente o sorteio dos confrontos finais, que será realizado na próxima sexta-feira (18 de março), para poder cravar meus palpites para o desenrolar da competição. Independente disso, continuo considerando o Barcelona muito acima dos demais, mas começo a ter alguams preocupações em relação ao time. Apesar de um meio-campo simplesmente fenomenal, que controla a posse de bola por 2/3 do jogo, o miolo de zaga do time é bastante fraco, e o time sente muito a ausência de um centroavante matador. David Villa é muito talentoso, mas é jogador de esquema e ainda não se adaptou na equipe. Além disso, não é um centroavante de ofício, e quando um torneio como esse chega nas fases finais, os jogos ficam mais difíceis e com poucas chances de gol, o que pode prejudicar o Barça.

Por outro lado, o Chelsea vem numa temporada muito irregular e ainda não definiu um time, mas caso isso ocorra, possui um elenco completo em todas as posições e pode facilmente conquistar o título. Outro time que vem numa montanha-russa é a atual campeã Internazionale, mas desde que Leonardo assumiu apresentam um desempenho brilhante. O reforço do atacante italiano Giampaolo Pazzini tem sido uma grata surpresa, e é provável que o talismã de 2010, o argentino Diego Milito, retorno em breve para estufar as redes adversárias.

Aguardem minhas previcões durante o fim de semana. Um abraço.

%d bloggers like this: